Noticías

Hospital Cajuru destina R$ 10 milhões para atender motociclistas acidentados

Maio Amarelo 2018 - Assembleia

O Hospital Universitário Cajuru (HUC) atende em média 570 vítimas do trânsito todos os meses – o equivalente a 19 atendimentos diários –, recebendo pessoas socorridas por serviços de urgência e emergência. Em 2017, foram 6.854 acidentados (13% de todos os atendimentos de emergência), sendo que 60% sofreram acidente com moto. As vítimas são jovens – a idade média dos pacientes é 23 anos e 73% são do sexo masculino.

Soma-se às estatísticas da instituição os cerca de R$ 10 milhões usados anualmente para atender motociclistas acidentados, o equivalente a 15% do orçamento do hospital. Os dados foram apresentados pela direção do HUC na manhã desta terça-feira (8/5) em audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná, que teve o intuito de conscientizar a sociedade sobre os perigos do trânsito. O coordenador técnico do hospital, Juliano Gasparetto, destacou ainda que 70% dos pacientes acidentados são de Curitiba e 30%, da região metropolitana.

“Trata-se de uma população jovem e que causa um grande impacto na sociedade. São pessoas em uma idade produtiva, ativa e que, por causa do trânsito, acabam não voltando para o trabalho e para a sua família”, disse Gasparetto. “Todos nós, como cidadãos, devemos assumir a nossa responsabilidade para que tenhamos respeito à legislação de trânsito vigente”, afirmou o diretor-geral do HUC, André Garcia, destacando a importância da mudança de comportamento.

A audiência pública foi promovida pelos deputados Rubens Recalcatti, Rasca Rodrigues, Anibelli Neto, Dr. Batista, Edson Praczyk e Hussein Bakri a partir da mobilização do Setor de Captação de Recursos da área da Saúde do Grupo Marista. Também participaram do evento a presidente do Instituto Paz no Trânsito (Iptran), Heloísa Rocha; a coordenadora do projeto municipal Vida no Trânsito, Anna Ruzyk; e o delegado-chefe da Delegacia de Delitos e Acidentes de Trânsito, Vinícius Augustus de Carvalho.

Foto: Sandro Nascimento / ALEP


Compartilhe!